Jornal Praça Pública

Associação dos Emigrantes de Santa Maria de Válega festejou o 24º aniversário

Fernando Souteiro

Associação dos Emigrantes de Santa Maria de Válega festejou o 24º aniversário

A Associação dos Emigrantes de Santa Maria de Válega esteve em festa, com as comemorações dos seus 24 anos de existência. O ponto alto da efeméride foi o almoço, que decorreu na sede desta associação, que contou com a presença de Salvador Malheiro, presidente da Câmara Municipal de Ovar, de Vítor Ferreira, vereador, de Jaime Almeida, presidente da Junta de Freguesia de Válega, de Luís Medeiros e António Borges, presidente e comandante da Associação Humanitária Bombeiros Voluntários de Ovar, respetivamente, do ex-candidato à Assembleia da República, Tino de Rans, entre muitas dezenas de pessoas que se juntaram à festa.
Com um discurso emocionado, Armando Valente, presidente da Associação dos Emigrantes de Santa Maria de Válega, demonstrou apreço pelas presenças e numa intervenção curta agradeceu o apoio dos colaboradores, neste almoço de festa, e dos seus colegas de direção.
Já António Jorge Borges, presidente da Assembleia Geral da associação aniversariante, recordou que a data do 24º aniversário ocorreu no passado dia 22 de abril, e lembrou que, nos primeiros de existência haviam grandes ambições quanto à sede, frisando que esta associação, “começou com grandes dificuldades”, mas que agora o local de festa serve para os associados e a comunidade em geral se reunir ao domingo, conviver e “no verão, ser onde as famílias se reencontram”.
Por sua vez, Jaime Almeida admitiu que os atuais diretores da associação “são pessoas de trabalho, que continuam a lutar pelas coisas de Válega”.
O responsável máximo da Câmara Municipal de Ovar começou por dizer que quase se sentia “em casa”, e referiu que esta associação “tem muita importância para a nossa comunidade”. Salvador Malheiro deixou expresso o reconhecimento da comunidade emigrante por aquilo que feito pelo nosso país. O autarca prometeu um apoio incondicional a esta associação.
Por sua vez, Vítor Ferreira admitiu que aquele era “um momento de festa e convívio”, e louvou o trabalho conjunto que a associação mantém com a Junta de Freguesia.
De realçar que, o almoço comemorativo foi animado musicalmente por Kit Carlos e as suas bailarinas, que deram a conhecer o seu último CD, e por Elisio Batista, que brindou os presentes com as suas canções e as inconfundíveis imitações.
Como manda a tradição, no final do repasto foram cantados os parabéns à associação.
O programa comemorativo contemplou, igualmente, uma missa na Igreja Matriz daquela vila, celebrada pelo pároco José Fernando Carneiro. Seguiu-se uma romagem ao cemitério, onde foram colocadas flores nas campas de sete fundadores desta instituição e uma coroa de flores junto ao Monumento do Emigrante, no jardim central da freguesia. Estes atos tiveram o acompanhamento da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Ovar.

Artigos Relacionados