Jornal Praça Pública

Autarquia atribuiu 22 mil euros às Associações de Pais do concelho

Autarquia atribuiu 22 mil euros às Associações de Pais do concelho

A Câmara Municipal de Ovar atribuiu 22 mil euros às Associações de Pais e Encarregados de Educação das escolas do concelho, tendo sido aprovadas mais de duas dezenas de candidaturas.
Durante a cerimónia de entrega das respetivas quantias, atribuídas a cada uma delas, Ana Cunha, vereadora da Câmara Municipal de Ovar com os pelouros da Educação e da Ação social, enalteceu o papel, em rede, que é feito entre os agrupamentos escolares e as respetivas associações.
Por outro lado, é de referir que na atribuição da verba, foi tido em conta, o número de escolas que cada associação agrupa, o número de alunos e as atividades de carácter regular ou pontual, que são desenvolvidas.
Em virtude disso, Ana Cunha deu ênfase ao dinamismo das próprias associações que contribuem para o desenvolvimento dos agrupamentos escolares a que estão ligadas.
Convém destacar, que a autarquia levou a efeito, durante a última pausa letiva, o programa das Férias da Páscoa, com uma grande diversidade de atividades.
Para as crianças do primeiro ciclo, a iniciativa “Faz-te às Férias” decorreu nos estabelecimentos de ensino da EB 1 da Regedoura (Válega), bem como nas escolas da Habitovar e Praia de Esmoriz, a iniciativa, que compreendeu oficinas de origami, uma caça ao ovo da Páscoa, visitas ao Museu do Papel (Santa Maria da Feira) e ao Centro Multimeios de Espinho, entre outras atividades. O programa das férias da Páscoa decorreu igualmente no Parque Ambiental do Buçaquinho e na Biblioteca Municipal de Ovar, com a realização da 10ª edição dos Ateliers da Páscoa na biblioteca, onde houve leitura expressiva, expressão plástica e escrita criativa. No entanto, durante o período de férias, uma grande quantidade de crianças passou pelo Espaço Lúdico do Azulejo.
Desta forma, os Ateliers de Páscoa, proporcionaram, aos alunos com idades compreendidas entre os seis e os 12 anos, diversas atividades multidisciplinares, criando um contacto entre os alunos, os livros, os escritores e as histórias que habitam no imaginário infantil.

Leia o artigo completo, na nossa edição impressa, que já se encontra nas bancas.

Artigos Relacionados