Jornal Praça Pública

Vareira concorre ao programa “The Voice Portugal” e vira três cadeiras

DR

Vareira concorre ao programa “The Voice Portugal” e vira três cadeiras

A vareira Marisa Almeida, de 25 anos, participou na emissão do dia 2 de outubro do programa “The Voice Portugal”, emitido na RTP1, tendo virado três cadeiras, enquanto cantava “Natural Woman”, tema popularizado no ano de 1967, por Aretha Franklin.
Durante a atuação, o grupo de mentores, composto por Áurea, cantora, Marisa Liz, vocalista do grupo Amor Electro, Anselmo Ralph e Mickael Carreira, ambos cantores, repararam na forma como a concorrente, oriunda do nosso concelho, canta. “Tem soul, han?! Ela tem soul.”, dizia Anselmo Ralph.. A cantora Áurea foi a primeira a carregar no botão, para virar a cadeira, seguindo-se Anselmo Ralph e Mickael Carreira.
Após a atuação, e quando questionada sobre quando é que ela começou a cantar, Marisa Almeida afirmou que “já canto desde os meus 15 anos, mas profissionalmente, faço-o desde os 18” e acrescentou que “é uma paixão e levo isto muito a sério, mesmo”. Marisa Almeida revelou ainda que cata “em bares, em casamentos, em casinos, em hotéis…estou a tentar sobreviver disto”, mas que tem sido difícil, fazer da música, a sua vida, da forma como Marisa tem feito.
Quanto à atuação, Áurea disse que a vareira canta “com alma, e tão bem”. Esta opinião é partilhada por Anselmo Ralph que disse que, “o que mais transpareceu, o que mais saiu para fora, foi cantares com alma”. “Esta é mesmo a tua praia” acrescentou o cantor de kizomba e R&B. Já a vocalista da banda Amor Electro resolveu falar da dificuldade de “cantar em todo o lado”, partilhando um pouco da sua história, visto que “eu cantei muitos anos em bares, cantei muitos anos em lados onde me deixavam cantar e até em alguns sítios onde não me deixavam e eu fui, na mesma”, até que um dia “aperceberam-se de nós, num bar”. “Eu acho que com essa voz, com essa energia e com essa atitude, vais chegar longe”, acrescentou. Por sua vez, Mickael Carreira afirmou que além da voz, o que mais gostou foi da atitude da concorrente vareira, foi “essa vontade que tu tens de ser alguém, neste mundo. Acho isso fantástico.” O filho mais velho de Tony Carreira revelou, ainda que gosta de trabalhar com pessoas como a Marisa Almeida, mas que, por outro lado, não gosta de trabalhar “com malta que gosta de aparecer, simplesmente na televisão, e ter cinco minutos de fama”.
Após os comentários dos mentores, Marisa Almeida optou por ficar na equipa da cantora Áurea, sendo que para ela é “um orgulho”, pertencer a esta equipa.

Leia o artigo completo na nossa edição impressa, que já se encontra nas bancas.

Artigos Relacionados