Jornal Praça Pública

Confraria Gastronómica do Concelho de Ovar: VI Capítulo reuniu uma centena de confrades

Fernando Souteiro

Confraria Gastronómica do Concelho de Ovar: VI Capítulo reuniu uma centena de confrades

Com o objetivo de descentralizar a sua ação, a Confraria Gastronómica do Concelho de Ovar levou a efeito, em Válega, o seu VI Capítulo.
O programa comemorativo iniciou-se com a receção de toda a comitiva no edifício da Câmara Municipal de Ovar, seguindo-se um “aperitivo matinal”, composto por alguns petiscos da região, como queijos, enchidos, rojões das tripas, bolinhos de bacalhau e vinho, que teve lugar na sede da Associação dos Emigrantes de Santa Maria de Válega, que serviu de palco para esta degustação.
Cerca de uma centena de confrades, representando 27 confrarias de várias regiões do país, e duas estrangeiras, de França e Espanha, tiveram ainda oportunidade de visitar a igreja de Válega, e de participar numa cerimónia no auditório da Fundação Padre Manuel Pereira Pinho e Irmã, onde foram entronizados cinco novos confrades, um dos quais Jaime Duarte Almeida, presidente da Junta de Freguesia de Válega.
Por outro lado foi assinado um “protocolo” de cedência do espaço da antiga escola primária da Mãe D’Água, em São João de Ovar, onde funcionará a sede da Confraria Gastronómica do Concelho de Ovar. Nesse local, os responsáveis da instituição ovarense terão oportunidade de realizar inúmeros eventos, e envolver a comunidade, abrindo-lhe as suas portas.
Segundo o arrais de mar, Ricardo Nunes, os objetivos destes eventos são “aumentar a afirmação da associação, mostrar o nosso trabalho e divulgar a gastronomia da região”.
Registe-se que, para que o evento fosse um sucesso, como veio a acontecer, a instituição organizadora contou com o apoio e a colaboração da Associação dos Emigrantes de Santa Maria de Válega, da Associação Cultural e Recreativa de Valdágua, da Casa do Povo de Válega e da Junta de Freguesia de Válega.

Artigos Relacionados