Jornal Praça Pública

Futebol Feminino: Federação Portuguesa de Futebol retira título à Ovarense e entrega-o ao Marítimo

As vareiras fizeram a festa, receberam as medalhas de campeãs nacionais e levantaram o troféu, entregue por um responsável da Federação Portuguesa de Futebol, contudo o Marítimo interpôs um recurso e o Conselho de Justiça acabou por lhe dar razão e retirou o título à Ovarense.
A Federação Portuguesa de Futebol informou que o Conselho de Justiça decidiu de acordo com os regulamentos da competição, mas Paulo Campino ainda não deu o caso como encerrado e o presidente da Ovarense diz que o clube está a estudar “serenamente, o documento”, e promete “atuar no sentido da defesa dos seus direitos e das suas atletas”.

Avançada internacional reforça plantel alvi-negro

O mais recente reforço da Ovarense para a próxima época vem do Boavista e já vestiu a camisola da seleção nacional em sete ocasiões. Paulinha tem 20 anos, é avançada e representou Portugal no último Campeonato da Europa de Sub-19.
Para além da atleta que fez todo o percurso de formação no Boavista, a equipa feminina da Ovarense, que na próxima época estará entre os grandes do futebol feminino em Portugal (Liga Allianz), já assegurou mais sete contratações, nomeadamente, Flávia Marinho, Belinha, Patrícia Cavadas e Bia (todas ex-Boavista), Juliana Silva (ex-Marítimo Murtoense), Cristiana (ex-Sanguedo) e Juliana Costa (ex-Fiães).

Leia o artigo completo, na nossa edição impressa, que já se encontra nas bancas.

Artigos Relacionados