Jornal Praça Pública

Festinfância 2018: Mais de 1900 espectadores passaram pela Casa da CONTACTO

Manuel Correia

Festinfância 2018: Mais de 1900 espectadores passaram pela Casa da CONTACTO

Teve lugar, entre os dias 18 de maio e 3 de junho, na Casa da Companhia de Teatro Água Corrente de Ovar (CONTACTO), a décima edição do Festinfância – Festa de Teatro Para a Infância.
A edição deste ano contou com quatro espetáculos, dos quais três surgiram das diversas oficinas de teatro, levadas a cabo pela CONTACTO.
O X Festinfância arrancou com a Classe B da Oficina de Teatro da CONTACTO 2017/2018, que levou a cena o espetáculo “O Encanto Encantado”, espetáculo que se repetiu na tarde de 20 de maio.
No dia 21 de maio, e inserido na programação do X Festinfância, a CONTACTO estreou a peça “O Peixinho Dourado”, que esteve em cena, até ao dia 1 de junho, sendo que as sessões deste espetáculo destinaram-se apenas a alunos de alguns estabelecimentos de ensino de Ovar.
“O Peixinho Dourado” é uma adaptação de Teresa Leite, a partir do conto tradicional russo “O Peixinho de Ouro”.
A história deste espetáculo fala sobre um casal de idosos que vive numa cabana muito pobre, perto do mar.
O elemento masculino deste casal, lança as redes ao mar, para pescar o que comer, até que um dia aparece-lhe, na rede, um estranho peixe dourado que, ao ver-se em perigo, suplica ao pescador, que se o deixar viver dar-lhe-á tudo o que quiser.
Já na noite de 26 de maio, a Classe A da Oficina de Teatro da CONTACTO estreou a peça “No Quarto dos Brinquedos”, voltando a subir ao palco na tarde do dia seguinte.
Finalmente, nos dias 2 e 3 de junho, foi a vez da Classe C1 da Oficina de Teatro da CONTACTO, subir ao palco, com a peça “Uma Flor no Deserto”, de Teresa Leite.

Leia o artigo completo, na nossa edição impressa, que já se encontra nas bancas.

Artigos Relacionados