Jornal Praça Pública

Livro “Gota d’Alma” marcou programa festivo do 107º Aniversário da Escola Oliveira Lopes

Fernando Souteiro

Livro “Gota d’Alma” marcou programa festivo do 107º Aniversário da Escola Oliveira Lopes

Um dos pontos altos do 107º aniversário da Escola Oliveira Lopes foi a apresentação do livro “Gota d’Alma”, de Raul Teixeira, que teve lugar no Arquivo Paroquial, situado próximo da igreja matriz de Válega. A cerimónia de apresentação do livro deste cidadão valeguense foi animada musicalmente pelas actuações de Ana Sousa, na flauta e Emma Soras, no órgão.
Augusto Pinho, presidente da Associação dos Antigos Alunos da Escola Oliveira Lopes começou por dizer que fazia sentido organizar este evento, dando a conhecer alguns dados do autor, que durante anos esteve ligado à hotelaria.
Lúcia Vaz Pedro, que fez a apresentação da obra, assina semanalmente uma crónica num diário do norte do país, de grande expressão nacional, agradeceu o convite feito por Marisa Couto e considerou o livro de “uma grande sensibilidade”. Fazendo a apresentação do livro “Gota d’Alma”, de uma forma poética, realçou que o autor desafia o leitor na busca da procura da esperança e da felicidade, sublinhando que o Raul Teixeira acredita fortemente no “Mundo dos Homens”, e numa vida cada vez mais pacífica em redor de tudo aquilo que nos rodeia, sem ódios, vingança e temas do género.
Raul Teixeira disse ter ficado “sem palavras”, e aproveitou para agradecer à sua esposa, ao filho, a Augusto Pinho, a Marisa Couto e à editora, “pelo empurrão e incentivo que deram para a publicação da obra”.
Segundo Raul Teixeira, o livro aborda “uma forma de ver o mundo, às vezes ingénua e à parte deste mundo”, acrescentando noutro diapasão que, se “formos felizes, quem nos ama, também o será”. Raul Teixeira finalizou a sua intervenção, dizendo que “sem vocês, eu não estava aqui”.

Leia o artigo completo, na nossa edição impressa, que já se encontra nas bancas.

Artigos Relacionados