Jornal Praça Pública

Câmara Municipal de Ovar apresenta Guia Educativo para o ano letivo 2016/2017

Manuel Correia

Câmara Municipal de Ovar apresenta Guia Educativo para o ano letivo 2016/2017

A Câmara Municipal de Ovar apresentou, no passado dia 16 de setembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o Guia Educativo Municipal, para o ano letivo 2016/2017, que teve início entre os dias 9 e 15 de setembro.
Assim, durante o ano letivo 2016/2017, a Câmara Municipal de Ovar, irá dinamizar Atividades de Animação e Apoio à Família (AAAF). As AAAF dirigem-se aos alunos do ensino pré-escolar, e às suas famílias , e têm como objetivo enriquecer os alunos do ensino pré-escolar, através de atividades de caráter lúdico e pedagógico. As AAAF vão decorrer entre setembro e agosto, em todos os estabelecimentos de ensino pré-escolar, sendo que durante os períodos de interrupções escolares, irá fornecer, aos alunos que frequentarem estas atividades, serviço de refeição.
O Projeto Psicoeducacional e Social em Sociedade, tem como objetivo criar medidas que ajudem os alunos do concelho de Ovar a melhorar as suas competências socioemocionais e socioafetivo , sendo que cada criança será acompanhada, de forma personalizada, por um psicólogo.
Outra medida que irá entrar em funcionamento este ano letivo, e que já foi posta em prática, em anos anteriores, é a oferta dos manuais escolares aos alunos do primeiro ciclo, que este ano, representa um investimento de 100 mil euros. Segundo a Câmara Municipal de Ovar esta medida constitui um apoio importante às famílias dos alunos do nosso concelho, e promove a “igualdade das crianças, no acesso à educação, independentemente das suas condições económicas”.
No que diz respeito à ação social escolar, a Câmara Municipal de Ovar irá apoiar o transporte dos alunos que tenham entre seis e oito anos, e que morem a mais de três quilómetros do estabelecimento de ensino, assim como irá assegurar as refeições dos alunos que frequentem os Jardins de Infância e as escolas do primeiro ciclo, do nosso concelho, sendo que esta medida irá manter-se durante as interrupções escolares. Ainda sobre as refeições escolares, também está previst a distribuição de pequenos-almoços e lanches a alunos “em situação de vulnerabilidade socioeconómica”.
Também os alunos que frequentem o ensino superior, estão abrangidos por este Guia Educativo Municipal, uma vez que a Câmara Municipal de Ovar, irá atribuir bolsas de estudo, no valor de 900 euros, a alunos residentes no concelho de Ovar, que se inscrevam em estabelecimentos e cursos universitários, devidamente homologados.

Leia o artigo completo na nossa edição impressa, que já se encontra nas bancas.

Artigos Relacionados