Jornal Praça Pública

Luís Miguel dos Santos Ferreira é o novo diretor do Hospital Dr. Francisco Zagalo

DR

Luís Miguel dos Santos Ferreira é o novo diretor do Hospital Dr. Francisco Zagalo

Foi no passado dia 24 de agosto, após um Conselho de Ministros que o Governo anunciou a nomeação de Luís Miguel dos Santos Ferreira, que já assumiu funções, como presidente do Conselho Diretivo (CD) do Hospital Dr. Francisco Zagalo.
A seu lado, Luís Ferreira, irá ter Rui Lopes, médico do Hospital de Ovar, como vogal executivo e diretor clínico, e Mariana Pinto Fragateiro, enfermeira, como enfermeira diretora.
Num comunicado enviado à nossa redacção, Luís Vaz, ex-diretor do Hospital Dr. Francisco Zagalo, afirmou que a passagem de testemunho, do antigo conselho diretivo, foi “tranquila e serena”.
Após quatro anos à frente do Hospital Dr. Francisco Zagalo, Luís Vaz diz que o que deseja ao novo CD, é aquilo que se propôs, quando iniciou funções, no Hospital de Ovar, visto que “tratar-se de uma instituição do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e isso é só por si suficiente para se entender a missão e ampla responsabilidade que advém da gestão pública em torno da prestação de cuidados de saúde e da sua orientação ao cidadão”.
O ex-diretor do CD do Hospital Dr. Francisco Zagalo, afirma que já informou a nova equipa, das dificuldades financeiras do Hospital, “no actual quadro orçamental”, sendo que o Hospital de Ovar possui “pouco mais de 5 milhões de euros”, o que considera “manifestamente insuficientes”, para que um hospital público possa prestar um serviço de qualidade.
Ainda sobre esta questão, o dirigente cessante considera que o novo CD, “tem condições para sensibilizar a tutela para o valor e necessidade de recursos acrescidos já suficientemente documentados à ACSS – Administração Central do Sistema de Saúde, IP”.
Luís Vaz reconhece que gerir “num quadro de apertados limites financeiros, com um mapa pessoal de reduzida dimensão e muita precariedade laboral, registando-se uma adesão ao programa PREVPAP TOTAL”.

Leia o artigo completo, na nossa edição impressa, que já se encontra nas bancas.

Artigos Relacionados