Jornal Praça Pública

Marcelo Rebelo de Sousa inaugurou ampliação da Bosch em Ovar

DR

Marcelo Rebelo de Sousa inaugurou ampliação da Bosch em Ovar

O Presidente da República esteve presente, no passado dia 22, na inauguração da nova área de produção da Bosch Ovar. Trata-se de uma nova área produtiva, que resulta de um investimento de 2,9 milhões de euros, que vai, segundo a empresa, “permitir um aumento de 10% no volume vendas, já em 2017, e cerca de 45% no próximo ano”.
Marcelo Rebelo de Sousa salientou os quase 3 milhões de euros de investimento da Bosch Security Systems, em Ovar, e destacou tratar-se de um dia “muito feliz e com boas notícias”, referindo-se à descida do défice e à revisão em alta do crescimento como “uma vitória de todos os portugueses”. Os números que o demonstram, disse Marcelo Rebelo de Sousa, “não são realidades abstratas. Por detrás do crescimento estão as pessoas que, com o seu trabalho contribuem para a criação de riqueza por Portugal”, justificou o presidente da República.
A Bosch assegura que, para responder aos novos projetos na produção, “serão contratadas 240 pessoas, até março de 2018”. Desta forma, a empresa passará a contar com cerca de 800 colaboradores, “um crescimento que irá contribuir para reduzir em cerca de 10% o desemprego no concelho de Ovar”, destaca a empresa.
António Pereira, administrador da Bosch em Ovar, explicou que “este espaço representa um crescimento conseguido com o empenho, dedicação e talento de cada um dos nossos 689 colaboradores” e salientou que “esta equipa acreditou e mostrou ao Grupo Bosch que é possível fazer bem e de forma competitiva a partir de Ovar”.
O desenvolvimento da Bosch em Ovar resulta da aposta da empresa na diversificação do portefólio de produtos e no aumento da robustez do negócio, podendo classificar-se, hoje, como a principal fábrica de videovigilância e sistemas de comunicação e deteção de incêndio da Bosch em todo o mundo.
A empresa defende que “o sucesso desta unidade de produção é visível pelos projetos que tem realizado”, dos quais desta “a produção de modernas câmaras de videovigilância colocadas na Amadora, ou os sistemas de comunicação da Casa Branca”, por exemplo. Na nova área recém-inaugurada, a Bosch em Ovar vai passar “a produzir e exportar peças eletrónicas para as fábricas das divisões de Termotecnologia, Ferramentas Elétricas e Eletrodomésticos da Bosch” em todo o mundo, diz a empresa.

Leia o artigo completo, na nossa edição impressa, que já se encontra nas bancas.

Artigos Relacionados