Jornal Praça Pública

Centro de Arte de Ovar abriu portas para receber a Orquestra Ligeira do Exército

DR

Centro de Arte de Ovar abriu portas para receber a Orquestra Ligeira do Exército

O Centro de Arte de Ovar abriu portas, no passado dia 15 de dezembro, para receber o concerto de Natal, gratuito, pela Orquestra Ligeira do Exército.
Sediada na Unidade de Apoio do Comando da Logística, em Paço de Arcos (Oeiras), a Orquestra Ligeira do Exército nasceu em 1976, sendo a sucessora de um agrupamento da Região Militar de Lisboa, que nos inícios dos anos 70 fez sucesso, no programa radiofónico “Está Alerta”, da Radiodifusão Portuguesa (RDP), sendo que dois anos após a sua fundação, a Orquestra Ligeira do Exército, foi oficializada, através de um Decreto-Lei, para representar o Exército Português e colaborar com outros ramos das Forças Armadas, entidades e organismos civis.
Com uma estrutura que faz lembrar uma big-band, a Orquestra Ligeira do Exército é composta por cinco saxofones, quatro trompetes, quatro trombones, dois teclados, duas violas, uma bateria, um conjunto de instrumentos de percussão e três vocalistas, sendo que apresenta-se, com regularidade, nas mais prestigiadas salas de espetáculos, acompanhada por diversos artistas do panorama musical nacional e internacional.

Leia o artigo completo, na nossa edição impressa, que já se encontra nas bancas.

Artigos Relacionados