Jornal Praça Pública

Ovarense teve o ‘pássaro na mão’

Tiago Carriola

Ovarense teve o ‘pássaro na mão’

A Ovarense averbou duas derrotas consecutivas na Liga Feminina de Futebol e caiu para a décima posição da tabela classificativa.
Se, em casa, frente ao poderoso Clube Futebol Benfica, as vareiras demonstraram não ter ‘andamento’ para o adversário, encaixando um pesado (2-6), na deslocação ao Estoril, no passado fim de semana, a história foi diferente e a Ovarense esteve muito perto de garantir a conquista de pontos.
Perante um adversário difícil, a equipa de Paulo Campino soube aproveitar os erros das adversárias e durante a primeira parte construiu uma vantagem de 0-3, que parecia ser suficiente para gerir na segunda parte. Contudo, apesar de ter o ‘pássaro na mão’, a Ovarense acabou por não resistir ao ímpeto ofensivo das estorilistas e já perto do final do encontro acabou por ceder. Aos 56 e aos 62 minutos a equipa da casa reduziu a desvantagem, e aos 84 e 87 minutos as canarinhas carimbaram mais dois golos que valeram a vitória.

Artigos Relacionados