Jornal Praça Pública

Pedro Cruz e Inês Monteiro foram os vencedores da primeira edição da Corrida Solidária de Ovar

Manuel Correia

Pedro Cruz e Inês Monteiro foram os vencedores da primeira edição da Corrida Solidária de Ovar

Pedro Cruz, do Clube Desportivo (CD) de São Salvador do Campo, e Inês Monteiro, do Clube de Atletismo de Seia, foram os grandes vencedores da primeira edição da Corrida Solidária de Ovar, que teve lugar, no passado dia 15, no Parque Ambiental do Buçaquinho.
Esta prova, com finalidade única e exclusivamente solidária, uma vês que as receitas revertem para as famílias carenciadas da freguesia de São João de Ovar, teve um percurso de 10 quilómetros, e contou com a participação de mais de 500 atletas, de onde se destacam as participações de Clarisse Cruz, Licínio Pimentel, Leonel Fernandes, Ricardo Ribas e Miguel Silva, presidente da Junta de Freguesia de Maceda. Também marcaram presença, nesta prova, Salvador Malheiro, presidente da Câmara Municipal de Ovar, e Alexandre Rosas, vereador da Câmara Municipal de Ovar, com o pelouro do Desporto.
Quanto à classificação final, como já foi referido, o grande vencedor, no sector masculino, foi Pedro Cruz, que cortou a meta ao fim de 31m23s. Em segundo lugar, ficou Carlos Costa, do CD de São Salvador do Campo, com 31m26s. Já Bruno Silva, do Águias de Alvelos, classificou-se em terceiro lugar, ao terminar a prova com o tempo de 31m49s.
Quanto ao setor feminino, Inês Monteiro foi a primeira a concluir os 10 quilómetros, ao fim de 35m10s. Em segundo lugar, ficou Carla Martinho, do Recreio Desportivo de Águeda, com 35m55s. A fechar o pódio feminino, ficou Silvana Dias, do Sport Lisboa e Benfica, com 36m46s.
Antes do início da partida, o presidente da Junta de Freguesia de Maceda, referiu que “há uma união de esforços” da parte do município de Ovar para que “provas que têm este carácter solidário”, sejam realizadas, no nosso concelho, considerando a sua participação, na Corrida Solidária de Ovar tem como objetivo dar relevo “a esta iniciativa”.
Quando questionado se a freguesia de Maceda irá voltar a ter atletismo, Miguel Silva respondeu que “eu gostava muito” que tal acontecesse, porém, “não significa que possa dizer que vamos ter”.
Ainda sobre esta questão, o autarca disse que “tudo aquilo que estiver ao alcance da Junta de Freguesia, tudo aquilo que a Junta de Freguesia puder fazer, em conjunto com as pessoas que possam assumir um projeto desses”, a Junta de Freguesia irá fazer.
Já Salvador Malheiro afirmou que “nós temos extraordinárias provas de atletismo, cá em Ovar, já com uma história consolidada”, referindo-se à Meia Maratona Cidade de Ovar, à Meia Maratona de Cortegaça e à São Silvestre de Ovar, que segundo Salvador Malheiro, “ começa também  a dar os seus passos de consolidação”, sendo que também “ temos uma série de provas organizadas pelas nossas coletividades”.

Leia o artigo completo na nossa edição impressa, que já se encontra nas bancas.

Artigos Relacionados