Jornal Praça Pública

Procuradora-Geral da República homenageou Eduardo Arala Chaves

Manuel Correia

Procuradora-Geral da República homenageou Eduardo Arala Chaves

Joana Marques Vidal, atual Procuradora-Geral da República, homenageou publicamente, na passada semana, Eduardo Arala Chaves, ex-Procurador da República, natural de Ovar, “pela sua ação extraordinária e pelo muito que ele significa, pela defesa intransigente da autonomia e da independência do Ministério Público”.
Esta homenagem aconteceu na sequência de mais uma reunião plenária do Conselho Superior do Ministério Público, que desta vez teve lugar em Ovar, no passado dia 12, na Escola de Artes e Ofícios, fruto da “insistência de Augusto Arala Chaves, um dos membros do Conselho Superior do Ministério Público, que é natural de Ovar”, disse Joana Marques Vidal.
Em declarações aos jornalistas, a Procuradora-Geral da República afirmou que “o Conselho Superior do Ministério Público deliberou começar a fazer algumas reuniões fora da Procuradoria-Geral da República”, e salientou que esta, realizada em Ovar, “traduz muito daquilo que é a homenagem que quisemos fazer ao Procurador-Geral da República, Eduardo Arala Chaves”, tio de Augusto Arala Chaves, “pela sua ação extraordinária e pelo muito que ele significa, pela defesa intransigente da autonomia e da independência do Ministério Público”.
Para Joana Marques Vidal, “estas sessões realizadas fora da Procuradoria-Geral da República, também têm por finalidade uma aproximação do Conselho Superior do Ministério Público às realidades locais, porque aproveitamos, também, para ouvir os magistrados locais, conversar com eles, com as entidades que nos recebem nos respetivos municípios, para saber quais são os problemas da Justiça”.

Leia o artigo completo, na nossa edição impressa, que já se encontra nas bancas.

Artigos Relacionados