fbpx
Artistas e associações locais têm lugar ‘garantido’ na Agenda Cultural

Artistas e associações locais têm lugar ‘garantido’ na Agenda Cultural

O último trimestre de 2021 traz uma renovada agenda cultural ao município de Ovar, marcada, sobretudo, pela aposta na dinamização dos agentes culturais locais, promovendo a transversalidade artística, qualidade e a valorização e promoção dos agentes locais, artistas, associações, grupos ou coletividades. Desta forma, ainda no decorrer do mês de outubro, o Centro de Arte de Ovar acolhe grandes espetáculos e concertos locais, como o “Festovar”, já amanhã, dia 9, e o “ComCordas”, a 24 de outubro.
A retoma da programação cultural, com lotação do espaço a 100%, arrancou com o concerto de Tiago Bettencourt, no passado dia 1 de outubro, naquele que é assinalado como o Dia Mundial da Música. O espetáculo do músico, que iniciou carreira nos Toranja, teve lugar no Centro de Arte de Ovar, e foi o primeiro momento de casa cheia, por isso único e carregado de simbolismo, respeitando, ainda assim, as regras de segurança.
Já esta noite, dia 8, haverá um espetáculo especial que reúne 50 músicos da Banda Sinfónica da PSP com a banda de Jazz Troll’s Toy, da qual faz parte o músico vareiro João Martins, na bateria e percussão.
As Bandas locais têm, após o período mais difícil da pandemia, um lugar especial na programação do último trimestre, com concertos das Bandas Filarmónica Ovarense, Boa União e Sinfónica de Ovar, bem como um concerto especial da Orquestra Filarmonia das Beiras com o Grupo de teatro JANGADA, este já em ambiente de Natal.
A reposição do espetáculo multidisciplinar e de envolvimento da comunidade “Troupe António Dias Simões”, a 29 de outubro, marca já o início do trabalho de celebração da tradição “reiseira” e a valorização do valor patrimonial do Cantar os Reis em Ovar.
Também a dança estará em evidência em novembro com o regresso do Caixa de Dança – Festival de Dança de Ovar, programado para 6 a 21 de novembro. Este é um festival que engloba grandes produções nacionais e bailarinos e agentes locais, em momentos de criação coreográfica de interação com o público em Ovar.
O Museu Júlio Dinis continuará a promover o ciclo de concertos criativos e intimistas “Sozinho em Casa”, bem como a tertúlia “Há Bola no Museu – Às três na Oliveirinha” e antecipa-se o Fim de Semana Gastronómico “À mesa com Júlio Dinis” de 11 a 13 de novembro, naquele que pretende ser um encontro literário à mesa. Também o Museu Escolar Oliveira Lopes, a Escola de Artes e Ofícios e a Biblioteca Municipal de Ovar, enquadrados no âmbito do programa EIXO ǀ Aprendizagem Criativa continuarão com a sua dinâmica, numa estratégia de descentralização, com exposições, cinema, concertos em formato reduzido, oficinas artísticas, em diferentes formatos e para todos os públicos.

CATEGORIAS