Basquetebol Masculino: “A equipa estava a viver o melhor momento da época”

Basquetebol Masculino: “A equipa estava a viver o melhor momento da época”

O Jornal PRAÇA PÚBLICA divulga, nesta entrevista feita a Nuno Manarte, treinador da equipa da Ovarense que milita na Liga Portuguesa de Basquetebol, como foi vivida a paragem abrupta provocada pelo aparecimento do coronavírus, como foi preparada esta paragem, e o que pensa sobre as decisões que a Federação Portuguesa de Basquetebol terá de tomar.

Como viu esta paragem abrupta da Liga, provocada pelo coronavírus?
Em termos desportivos foi frustrante, a equipa estava a viver o melhor momento da época, e todos estávamos esperançados em relação ao futuro. Por outro lado, com alguma apreensão, por esta ser uma situação sem precedentes, não fomos programados para saber como reagir a algo assim, especialmente pelo perigo que representa, pelo desconhecimento que existe em relação ao vírus e pela sua imprevisibilidade.

E a imposição da cerca sanitária a Ovar?
Um bem necessário para todos. A gravidade da situação em Ovar merecia uma tomada de decisão drástica. Um dia mais tarde todos falaremos, com certeza, de como os responsáveis locais foram arrojados neste momento difícil.

Como é que os jogadores reagiram a toda esta situação, nomeadamente os estrangeiros?
Assustados, principalmente os estrangeiros, mostrando, de imediato, o desejo de estarem perto da família, e em suas casas. Situação que, quer o clube, quer eu próprio, compreendemos, e trabalhámos imediatamente nesse sentido. Há coisas mais importantes na vida, que o basquetebol.

Ler entrevista completa na edição impressa

CATEGORIAS