Câmara Municipal de Ovar lança medidas de Emergência Social

Câmara Municipal de Ovar lança medidas de Emergência Social

Suspensão do pagamento de rendas vai chegar a 180 famílias do concelho. Medidas vão, ainda, do apoio alimentar ao pagamento de medicamentos.

Com Ovar a contas com uma cerca sanitária de que não há memória (depois de cumpridos os primeiros 14 dias, o Governo decretou o seu prolongamento até ao dia 17 de abril), a Câmara Municipal anunciou o lançamento de medidas de Emergência Social, isto para ajudar a minorar o impacto desta crise, provocada pela ‘paralisação’ de toda a atividade económica do município, nomeadamente junto das pessoas mais carenciadas do concelho.
A autarquia destaca que, a imposição da cerca sanitária e as consequentes medidas a que obrigou, apesar de “serem de extrema importância para a saúde pública, têm tido um impacto social na comunidade”, e diz que, por isso, e “a pensar nas famílias mais vulneráveis”, delineou e vai “já implementar um conjunto de medidas de Emergência Social.

CATEGORIAS