fbpx
Detido suspeito dos crimes de coação sexual agravada e de pornografia de menores

Detido suspeito dos crimes de coação sexual agravada e de pornografia de menores

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, identificou e deteve um homem, operário fabril, com 30 anos de idade, “por fortes indícios da prática dos crimes de coação sexual e de pornografia de menores, dos quais foram vítimas jovens adolescentes com idades compreendidas entre os 13 e os 16 anos”.
Segundo a PJ, “o suspeito conheceu as vítimas através do facebook, tendo criado um perfil com um nome de utilizador fictício e com uma fotografia de um adolescente retirada da internet, de caraterísticas cativantes para adolescentes do sexo feminino, com intuito de lhes fazer crer que estavam a comunicar com um jovem adolescente da sua faixa etária ou próxima”.
Após ter conquistado a confiança das menores, o detido “persuadiu-as a enviarem-lhe ficheiros de imagem de cariz sexual e pornográfico, em que se exibissem desnudadas”, defende a PJ, que afirma que “quando as vítimas se aperceberam que estavam a ser iludidas, interromperam as comunicações com o suspeito, o que o levou a exigir-lhes que continuassem a enviar-lhe fotografias com o referido conteúdo, sob pena de divulgar na internet as que já tinha na sua posse”.

Ler notícia completa na edição impressa

CATEGORIAS