Dragagem da Ria está a oferecer alimento à avifauna da região

Dragagem da Ria está a oferecer alimento à avifauna da região

Os trabalhos de dragagem na Ria de Aveiro estão a ter um impacto direto na vida de várias espécies que habitam na nossa região. A informação foi revelada pela Polis Litoral da Ria de Aveiro, que diz que “desde o arranque da obra se tem verificado que as áreas de depósito servem de zonas de alimentação de várias espécies de aves, em particular na baixa-mar”.
A intervenção, que está a ser levada a cabo por seis dragas e três batelões, que se encontram nos vários canais da ria, no canal de Ovar a sul da Praia do Areinho, no canal de acesso ao cais da Ribeira, no rio Boco, a norte e a sul da ponte da Água Fria, e no Canal de Mira, a sul da ponte da Barra, tem sido acompanhada “desde o seu início, por biólogos e técnicos especialistas nos ecossistemas em causa”, diz a entidade responsável pela obra, “dada a elevada sensibilidade destes ambientes e das suas ocupações, com especial relevância para as áreas de deposição de sedimentos, por se tratarem de espaços onde bastantes espécies de aves aquáticas se alimentam e abrigam”, justifica a Polis Litoral da Ria de Aveiro.

Ler notícia completa na edição impressa

CATEGORIAS