fbpx
Eleições Autárquicas: PSD de Ovar aposta em “militantes do partido com experiência autárquica e independentes de reconhecido mérito”

Eleições Autárquicas: PSD de Ovar aposta em “militantes do partido com experiência autárquica e independentes de reconhecido mérito”

O PSD de Ovar apresentou, oficialmente, os candidatos que irão liderar as listas dos sociais dos democratas, que irão concorrer às cinco freguesias e à Assembleia Municipal no próximo ato eleitoral.
Já com o nome de Salvador Malheiro revelado para a corrida à Câmara Municipal, o PSD de Ovar divulgou que será Pedro Braga da Cruz quem vai concorrer ao terceiro mandato na Assembleia Municipal, instituição que preside desde 2013.
Com cerca de uma centena de militantes presentes na sala, o Plenário da Secção de Ovar do PSD aprovou, também, “por unanimidade e aclamação”, as personalidades que vão encabeçar as listas do PSD aos às freguesias, nas Eleições Autárquicas de 2021.
Para a União das Freguesias de Ovar, S. João de Ovar, Arada e S. Vicente Pereira, a escolha recaiu sobre a independente Fátima Rosas, professora de longa carreira no ensino, natural de Ovar e com fortes ligações ao Carnaval, às Associações e à comunidade.
A candidatura à freguesia de Válega será encabeçada por Alexandre Oliveira, assistente técnico, natural da freguesia de Válega, que tem uma “assinalável experiência autárquica e cívica”, tendo sido membro da Assembleia de Freguesia de Válega, da Assembleia Municipal e membro de diversas associações valeguenses.
Para a cidade de Esmoriz, os social-democratas avançam com a candidatura do atual tesoureiro da Junta de Freguesia, António Sá, “contabilista certificado, profissional experiente”, dirigente de várias instituições, entre as quais 12 anos como diretor na Federação Portuguesa de Voleibol.
Para Cortegaça e Maceda, os social-democratas demonstraram a confiança que sentem no “bom trabalho dos seus atuais presidentes de junta, Sérgio Vicente, em Cortegaça, e Miguel Silva, em Maceda, os quais são recandidatos e vão liderar, novamente, as listas do PSD nas suas freguesias.
Para Domingos Silva, presidente da Comissão Política do PSD Ovar, “entre militantes do partido e independentes de reconhecido mérito, os cabeças de lista que vão representar o PSD são pessoas competentes, sérias e conhecedoras, que dão todas as garantias de dar resposta às necessidades das populações em todo o território e, com isso, levar o PSD à vitória em todas as autarquias”.

CATEGORIAS