fbpx
Exposição “Os Saqueados” abriu novo ciclo de programação do Museu Júlio Dinis

Exposição “Os Saqueados” abriu novo ciclo de programação do Museu Júlio Dinis

O Museu Júlio Dinis inaugurou, no passado dia 12 de junho, a exposição “Os Saqueados”, de Samuel Ornelas. Trata-se de um manifesto de arte, expressa em xilogravura, que pretende ser um despertar de consciência, através da construção artística, para temas críticos da sociedade.
O artista brasileiro, a residir em Portugal há cerca de 5 anos, criou para a exposição dois grandes painéis em xilogravura, desenhos e esculturas, que pretendem reproduzir as novas abordagens da atualidade social, política e cultural, de Portugal e do mundo. A temática tem como pressuposto os desastres humanos e ambientais no Brasil: o rompimento das barragens de rejeitos de mineração de Mariana e do Brumadinho. O artista procura, através das suas obras, retratar a dramaticidade dos desastres ambientais, resultado da intervenção humana, com uma forte componente simbólica e visual.

Ler notícia completa na próxima edição impressa

CATEGORIAS