fbpx
FIMO está de volta entre 11 e 13 junho

FIMO está de volta entre 11 e 13 junho

O Festival Internacional de Marionetas de Ovar (FIMO) está de volta às ruas da cidade, entre 11 e 13 de junho, para “continuar a marcar um dos momentos altos da programação cultural da cidade”, diz a organização da iniciativa. Depois do interregno em 2020, provocado pelo combate pandemia Covid-19, e agora com o desconfinamento em curso, o FIMO vai ter lugar, “embora num formato mais reduzido e com todas as precauções por causa da Covid-19”, assegura a equipa que vai levar a cabo mais uma edição do festival, agora com um programa adaptado à nova realidade.
Este ano, o programa conta com 15 companhias oriundas de Portugal (7), França (2), Espanha (3), Polónia (1), Chile (1) e Venezuela (1), que têm reservados quase 40 espetáculos, distribuídos pelos três dias, observando sempre as regras de segurança sanitária nos locais eleitos.
Os espetáculos vão decorrer no Largo do Tribunal, Jardim do Cáster, Praça da República, Parque Urbano, Escola de Artes e Ofícios e Centro de Arte de Ovar, sendo que nestes últimos são adotadas as normas que estão em vigor. Nos restantes, no exterior, os locais serão delimitados, com espaçamento entre cadeiras e uso obrigatório de máscara e higienização.
Apesar do formato reduzido, a organização, a cargo da União das Freguesias de Ovar, São João, Arada e São Vicente de Pereira, vai atribuir os Prémios do Público e de Melhor Espetáculo do certame. O diretor do FIMO, Nuno Pinto, realça a importância de se dar “um sinal de positivo e de normalidade, através da cultura que sofreu tanto nos últimos tempos”.

CATEGORIAS