fbpx
Investigação: Incêndios florestais de 2017 e 2018 tiveram consequências psicoemocionais nos Bombeiros Portugueses

Investigação: Incêndios florestais de 2017 e 2018 tiveram consequências psicoemocionais nos Bombeiros Portugueses

“Os incêndios florestais de 2017 e 2018 tiveram grande impacto psicológico e emocional nos bombeiros portugueses”. Esta é uma das conclusões apontadas pela investigação realizada pela vareira Fabiana Rodrigues, no âmbito do trabalho de doutoramento em psicologia que concluiu no passado mês de março, no Departamento de Educação e Psicologia da Universidade de Aveiro.
No trabalho onde a investigadora se propôs obter “uma ampla compreensão do impacto dos eventos traumáticos nos bombeiros, nomeadamente os relacionados com os incêndios florestais”, foram analisados dados recolhidos num período pós-incêndios em Portugal, nos anos 2017 e 2018, no qual o nosso país foi afetado, com grande impacto, pelos incêndios florestais em vários concelhos do país, em simultâneo, que se traduziram em mais de cem mortes registadas.
De forma sucinta, os resultados dos estudos levam a investigadora a considerar “urgente a formação contínua dos Psicólogos que compõem as Equipas de Apoio Psicossocial e o reforço de recursos humanos e materiais destas equipas, para que as corporações e os seus elementos possam ter acesso a serviços de Psicologia e melhor gerirem as exigências pessoais e da vida de bombeiro”.

Ler notícia completa na próxima edição impressa

CATEGORIAS