fbpx
Ovarense entra em 2020 com triunfo estrondoso frente ao FC Porto

Ovarense entra em 2020 com triunfo estrondoso frente ao FC Porto

A Ovarense despediu-se de 2019 com duas derrotas fora de casa, frente ao Barreirense (91-80) e à Oliveirense (87-69), mas entrou em 2020 com uma vitória estrondosa frente ao FC Porto (88-84).
Com a obtenção de um lugar tranquilo a ficar cada vez mais difícil de alcançar, os vareiros foram ao Barreiro e encaixaram uma derrota (91-80) e viram a concorrência direta na luta pela manutenção distanciar-se na tabela classificativa.
Com uma entrada em jogo verdadeiramente desastrada, a equipa de Nuno Manarte deixou-se surpreender e sofreu um parcial inicial de 29-17, que se revelou decisivo para o desfecho para partida. Os vareiros ainda venceram os segundo e terceiro períodos, mas os sete pontos de diferença à entrada do último ‘quarto’ revelaram-se difíceis de ultrapassar e o Barreirense acabou por impor mais uma derrota à Ovarense.
No primeiro jogo da segunda volta, que marcou o arranque para três jogos com os candidatos Oliveirense, Porto e Sporting, a Ovarense deslocou-se a Oliveira de Azeméis e voltou a perder (87-69), num encontro onde a equipa de Nuno Manarte nunca conseguiu impor-se para alterar o rumo dos acontecimentos.
Sem puder contar com a participação de Pedro Bastos, ausente por indisposição, os vareiros acusaram a falta de inspiração da dupla de norte-americanos Rob Davis (2 pts) e Davenport (5pts) e permitiram que a Oliveirense triunfasse nos quatro períodos, construindo uma vitória confortável, que manteve a Ovarense abaixo da ‘linha de água’.
De regresso a casa, os vareiros receberam o FC do Porto e arrancaram um triunfo que pode vir a ser determinante para o que resta jogar na temporada.
A necessitar urgentemente de vencer, a equipa de Nuno Manarte não conseguiu travar o andamento dos azuis e brancos na primeira parte e foi para o intervalo com uma desvantagem de 12 pontos (29-41).
A reação vareira aconteceu após o descanso, com Immanuel King (15pts, 15res), Pedro Oliveira (20pts, 4res, 7as, 2rb), Chris Davenport (15pts, 5res, 3as, 3dl), Pedro Bastos (13pts, 3res, 5as, 1rb) e Desmond Simmons (15pts, 6res, 3rb) a terem um papel determinante na obtenção da vitória.
Os vareiros ‘atiraram’ a decisão do encontro para o prolongamento e aí foram mais fortes e eficazes que os dragões, selando o quarto triunfo na temporada, que não só aproximou a Ovarense ao grupo que se encontra imediatamente acima na tabela classificativa, como elevará, seguramente, os índices de confiança do conjunto alvinegro, que na próxima jornada está de visita ao Sporting.

Jornada 15
Ovarense                    88
Porto                          84
Robert Davis               02
Cristóvão Cordeiro      00
André Silva                  nj
Pedro Pinto                 00
Pedro Bastos               13
Nuno Sá                      03
Rodrigo Soeiro            00
Pedro Oliveira             20
Desmond Simmons    15
Immanuel King           15
Chris. Davenport        16
Treinador: Nuno Manarte

CATEGORIAS