PCP de Ovar contra o “aumento brutal” do preço das licenças para a pesca com majoeira

PCP de Ovar contra o “aumento brutal” do preço das licenças para a pesca com majoeira

O PCP de Ovar está contra o que diz ser um “aumento brutal” do preço das licenças para a pesca com majoeira, que a Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) começou a praticar este mês.
A denúncia partiu dos pescadores da arte xávega de Esmoriz que, como os outros do concelho, ficaram agora impossibilitados de exercer essa arte de pesca, tendo de recorrer à pesca com majoeira para assegurar os seus rendimentos.
Os comunistas de Ovar lembram que “as licenças para a pesca com majoeira são normalmente atribuídas por um período de seis meses (outubro a março) e com um custo de 9,98 euros”, mas dizem ter conhecimento de que “os pescadores da zona de Esmoriz foram confrontados com um brutal aumento do valor para a obtenção da licença, acrescida de uma redução no prazo da sua duração, passando agora a custar 76,63 euros, por um período de apenas três meses”.

Ler notícia completa na próxima edição impressa

CATEGORIAS