fbpx
PSP de Ovar deteve peixeiro ambulante por vender peixe impróprio para consumo

PSP de Ovar deteve peixeiro ambulante por vender peixe impróprio para consumo

A PSP de Ovar deteve, no passado dia 23, “pela prática do crime de desobediência”, um peixeiro ambulante, de 75 anos, que se encontrava a vender peixe impróprio para consumo e que transportava num “veículo ligeiro de passageiros”, que se encontrava apreendido “por alteração de características”.
Segundo informou a PSP, “por estar a utilizar sinais sonoros comumente associados a peixeiros/padeiros ambulantes, foi efetuada uma fiscalização à viatura, tendo-se verificado, na parte de trás, diverso peixe, que se destinava à venda ao público”. Esta fonte policial assegura ter constatado que o veículo “não possuía o mínimo de condições de transporte e higiene, uma vez que nem possuía refrigeração específica” para a prática da atividade em causa.
A PSP acionou a veterinária municipal de Ovar, “que declarou o produto impróprio para consumo humano, tendo sido apreendido”, informou esta fonte policial.
A PSP aproveita para advertir que “vendas ambulantes nestas condições podem colocar em causa a saúde de quem venha a consumir tais produtos”, e apela à “sinalização destas situações juntos das entidades competentes”.

CATEGORIAS