Recolha seletiva de biorresíduos: Câmara Municipal com candidatura aprovada

Recolha seletiva de biorresíduos: Câmara Municipal com candidatura aprovada

A candidatura que a Câmara Municipal de Ovar apresentou ao Aviso POSEUR 11-2019-29, para a implementação da recolha seletiva de biorresíduos em todo o concelho, já se encontra aprovada. O município de Ovar junta-se, assim, aos municípios pioneiros no país que vão implementar a recolha inovadora desta tipologia de resíduos, que passará a ser obrigatória a partir de 2024.
Numa nota enviada às redações, a autarquia vareira defende tratar-se de um “projeto que permitirá oferecer, à totalidade da população do município de Ovar, um sistema de deposição e recolha de biorresíduos”, através da instalação, em todo o concelho, de 32315 contentores para biorresíduos”. Ao todo, diz a Câmara Municipal de Ovar, o município ficará com uma “capacidade útil disponível de 44286 ton/ano”, que “permite responder a 100 por cento do potencial máximo de produção de biorresíduos, calculado em 11929.20 ton/ano, em 2022”.

Ler notícia completa na edição impressa

CATEGORIAS