fbpx
Salvador Malheiro espera que todos vistam “a camisola do partido do povo de Ovar”

Salvador Malheiro espera que todos vistam “a camisola do partido do povo de Ovar”

Os novos ‘inquilinos’ da Assembleia e da Câmara Municipais de Ovar tomaram posse no passado dia 9 de outubro, numa cerimónia que teve lugar no Centro de Arte de Ovar e que contou com a presença de Rui Rio, líder nacional do PSD.
Para a Assembleia Municipal de Ovar, que continuará a ter Pedro Braga da Cruz como presidente, os cidadãos de Ovar elegeram 27 deputados, 15 eleitos pelo PSD, sete pelo PS, dois pela coligação NC/PPM, um pelo CDS, um pelo BE e um pela coligação PCP/PEV. Para a Câmara Municipal de Ovar fizeram juramento oito dos nove eleitos. Sete do PSD – Salvador Malheiro, Domingos Silva, Ana Cunha, Alexandre Rosas, António Bebiano, Júlia Oliveira e Rúben Ferreira -, e um do PS – Alcides Alves (Márcia Valinho, do PS, esteve ausente e será empossada na próxima reunião deste órgão).
Com o líder nacional do PSD na plateia, Salvador Malheiro, que vai para o seu terceiro mandato à frente dos destinos do município de Ovar, aproveitou para destacar que a vitória do PSD em Ovar, que se traduziu numa “robusta maioria qualificada”, não é mais do que o reconhecimento dos vareiros por um “projeto político de uma geração que se impôs pela sua competência, pelo seu trabalho, pelo seu carisma, pelo seu caráter, pelo seu rigor e pela sua proximidade aos concidadãos”.
O presidente da Câmara de Ovar frisou “contar muito com os senhores vereadores que foram legitimamente eleitos, mas que não concorreram nas listas do PSD” e lançou-lhes o desafio de “como nós, vestirem a camisola do partido do povo de Ovar”, disse.

Ler notícia completa na próxima edição impressa

CATEGORIAS