fbpx
Shortcutz Ovar regressa hoje à sala com público

Shortcutz Ovar regressa hoje à sala com público

O festival de curtas-metragens Shortcutz Ovar vai ‘regressar a casa’ hoje, dia 18, após um período em que o confinamento obrigou à transmissão digital das sessões.
O último evento onde o Shortcutz Ovar contou com público aconteceu a 6 de março, aquando da realização da festa dos premiados Shortcutz Ovar 2019 – 3ª temporada, onde foi revelada a melhor primeira obra “Red Hill”, de Laura Carreira. Tratou-se, diz a organização da iniciativa, de “uma noite em que celebrámos o melhor cinema curto português”, que contou com a presença de Salvador Malheiro, presidente da Câmara Municipal de Ovar, e das juradas Carla Chambel Atriz e Bárbara Andrez.
Agora a exibição de curtas-metragens regressa à Escola de Artes e Ofícios no próximo dia 18, com quatro exibições a não perder.
A reabertura do Shortcutz Ovar – 4ª temporada arranca com a exibição de “Um Retrato de Borboletas”. A noite compreende, ainda, a exibição de mais duas curtas-metragens: “Lisboa 2018”, “Cenas da Vida Amorosa”, e a obra de animação “Equinox”, de Bruno Carnide.
“Lisboa 2018” é amor, medo e ansiedade. O filme de Francisco Valente, que será apresentado pela atriz Beatriz Brás, que desempenha um dos papéis, trata a última noite de um casal em Lisboa, antes de um deles partir para outro país. Uma noite romântica dá lugar a tensões silenciosas no presente turbulento e perante o futuro incerto.
Variações sobre um casal, fazer amor e uma casa. São “Cenas de Uma Vida Amorosa”, de Miguel Afonso Carranca. Cenas vividas por Marta e Luís, um casal de jovens namorados. Trata-se de uma curta desdobrada em múltiplos instantes que mostram as dores de crescimento e o prazer uma relação

CATEGORIAS