fbpx
Valdemar Gomes lança “Summa iniuria”

Valdemar Gomes lança “Summa iniuria”

Valdemar Gomes apresentou, no passado dia 4, no Auditório do Orfeão de Ovar, o seu novo livro “Summa iniuria”. Trata-se, refere o autor, de um “grito” de indignação contra as injustiças de que se diz vítima, há 22 anos.
No fundo, destaca Valdemar Gomes, a sua exclusão da carreira médica aconteceu por ter participado ativamente no Movimento que, em 1999, encetou a contestação ao encerramento da Maternidade de Ovar e assumiu várias iniciativas e lutas em defesa do Hospital de Ovar e outras valências entretanto encerradas, como, Pediatria e Urgência-SAP. “Paguei cara a minha civilidade participativa”, defendeu o autor que, ainda hoje reclama e pede “justiça”.
“Summa iniuria” relata, em pormenor, todo o processo de desvalorização do Hospital de Ovar, iniciado em abril de 1999, que começou pelo encerramento da Maternidade de Ovar e pela perda de outros meios humanos e técnicos da instituição, por decisão do poder político de então no Governo, com a “colaboração ativa do Conselho Diretivo do Hospital”, a exemplo dos autarcas da época, escreve o autor.

Ler notícia completa na edição impressa

CATEGORIAS