fbpx
Vendedor ambulante apanhado pela GNR sem licença e com pescado impróprio

Vendedor ambulante apanhado pela GNR sem licença e com pescado impróprio

A GNR de Ovar apreendeu, no passado dia 27 de janeiro, em Válega, 22 quilos de pescado impróprio para consumo a um vendedor ambulante.
Segundo a GNR, no âmbito de uma ação de fiscalização, os seus militares “detetaram que um homem de 74 anos exercia a venda ambulante de pescado sem possuir a devida licença”.
“Para além de não cumprir com as normas que regem a comercialização de pescado fresco”, adiantou esta fonte policial, “o homem transportava-o sem que fossem garantidas as condições higiossanitárias, nem a devida refrigeração”, motivos que levaram à apreensão dos 22 quilos de pescado e da viatura utilizada.
Na sequência desta ação, foram elaborados três autos de contraordenação, e o pescado “foi inspecionado pela Autoridade Veterinária da Câmara Municipal de Ovar, que o considerou impróprio para consumo, sendo o mesmo encaminhado para destruição”, revelou a GNR.

CATEGORIAS